O poder de um só.

Pregador: Pr. Tomaz de Aquino

(João 14:1-14)

Jesus era um homem ou Deus na terra? Ele fez milagres como homem ou como Deus?

Por que não há tantos milagres hoje como nos primeiros dias da igreja?

As respostas a essas perguntas não podem ser simplistas.

 

Os discípulos estavam tensos por tudo que acontecera antes, mas Jesus os tranquiliza dizendo: “Não se turbe o vosso coração”, eu vou lhes preparar o lugar e vocês já conhecem o caminho.

 

Caminho – Verdade – Vida.

Os discípulos ainda não compreendiam muita coisa principalmente quem era Jesus por isso queriam saber quem é o Pai.

 

Aqui Jesus começa a revelar um grande segredo:O poder de um só.

Ninguém vem ao Pai senão por mim – o Pai está nele.

Quem vê a mim vê o Pai – Em outras palavras tudo que podemos ver de Deus está em Jesus. Deus é como Jesus é. Portanto qualquer afirmação sobre Deus que não tenha equivalente em Jesus é falácia ou no máximo teologia barata.

 

Eu e o Pai somos um – Deus em Jesus é quem fazia as obras.

O segredo era Jesus em Deus, Deus em Jesus – um só.

Jesus fala como Deus fala, age como Deus age, suas obras são as mesmas que Deus realiza. Jesus é Deus como Deus é. Deus fazia milagres em Jesus.

 

Jesus orou para que sejamos um – Eu neles e Tu em mim.

Assim os discípulos que crerem em Jesus também poderão fazer as mesmas obras de Jesus, pois será ele, Jesus, realizando-as no discipulo.

 

Estamos muito longe disso, por que?

  1. Nos bastamos sozinhos.
  2. Nossas orações dependem mais da forma do que da fé em Jesus.
  3. Estamos longe porque nós e Jesus, não somos um, pois se assim fosse tudo que pedíssemos nos seria atendido.

 

Nosso maior desafio de vida é que sejamos um só, pois Deus está em Jesus e Jesus em Deus e que cada um de nós estejamos neles, pois só assim tudo que pedirmos em seu nome nos será concedido.

Top